Nunes lança EP “Bote Dois” e Álbum Visual do projeto

Novo EP do artista navega em um mar de liberdade criativa e efervesce brasilidade.

Nesta sexta-feira, Nunes lança o EP “Bote Dois”, novo projeto de sua carreira.


Nunes é um cantor, compositor e musicista natural do interior do Paraná, que cresceu em Brasília e reside em Florianópolis. Com influências do Hip Hop, R&B Contemporâneo, MPB, Reggae e música negra nacional, o artista não se prende em rótulos ao criar seus projetos e busca trazer sempre originalidade, passeando e combinando suas referências e inspirações.

Em 2020, com o mundo em pandemia, Nunes afirma que “usei o ano e o tempo ocioso para pensar em mim, me perdendo e me achando várias vezes”. Nesse resgate ao interior, o artista mergulhou no autoconhecimento e traduziu sua experiência no que veio a se formar o novo projeto de sua carreira, o EP “Bote Dois”, com lançamento nesta sexta-feira, 09.

O projeto navega em um mar de liberdade criativa, onde Nunes une características de suas principais influências musicais, de Childish Gambino e Liniker à Caetano Veloso e Tim Maia. Valorizando a nova música negra nacional, Nunes adiciona o Hip Hop, o Afrobeat e o R&B Contemporâneo no projeto, e reforça sua brasilidade com o groove dos ritmos do Norte e Nordeste, além de referências aos gêneros Baião, MPB e Samba.


O projeto conta com as participações de Manduca (O Plantae), Aksel, Leandra Caldas e Thiago Jamelão (composição). Além do EP, “Bote Dois” conta com um Álbum Visual produzido por Gugie Cavalcanti, artista de graffiti catarinense – e esposa de Felipe – e o próprio Nunes.


O Álbum Visual traz um vídeo clipe para cada música do projeto, carregando a interação de diversas áreas artísticas, da dança ao graffiti, e de acordo com Felipe, “inova no mercado musical nacional ao mostrar a união do trabalho de dois artistas negros de áreas distintas, dando ênfase para a visão de mundo e pensamentos que nós temos”.


Confira:


Faixa a Faixa:


Sobressair: Unindo o afrobeat com a música latina e o hip hop, a faixa abre o EP e insere o ouvinte no Universo da reflexão em busca do autoconhecimento, retratando sobre a vontade constante de sair - dos lugares, das relações e dos momentos - por não estar bem consigo mesmo. “Sobressair” trás participação de Aksel, também de Florianópolis.


Cartão Postal 2.0: A faixa é uma regravação da “Cartão Postal”, faixa que encerra o EP “Bote Um”. Com influências do R&B, a letra fala sobre a busca por algo e a importância de estar bem consigo mesmo. A composição conta com participação de Thiago Jamelão, artista presente na black music nacional, e participação de Manduca, integrante do grupo O Plantae.


Melhor Assim: Com influência do R&B e Hip Hop e participação de Manduca, trata na letra sobre o amor próprio e a valorização de si mesmo em um relacionamento – de qualquer forma – abusivo. Com instrumentos orgânicos e digitais, “Melhor Assim” carrega um groove presente, diferentes momentos, cores e sensações.


(Não Tão) Calmo – Leve e suave, a faixa é um R&B orgânico que fala sobre a importância do diálogo e do entendimento.


Faz Suas Coisas – Com participação de Leandra Caldas e Manduca, a faixa encerra o EP e resgata a blackmusic e o groove, com influências do R&B e do hip hop. Retrata na lírica sobre a ideia de reconhecer o momento em que se encontra, quebrando rotinas e valorizando o novo.



Para saber mais:

Instagram


14 visualizações0 comentário